Alimentação: bons hábitos desde cedo!

A indicação dos pediatras é que a amamentação seja feita ininterruptamente pelos primeiros 6 meses de vida. É normal que a mulher sinta-se um pouco insegura, mas insistir no processo e procurar ajuda médica é a melhor opção para ela e para o bebê.

O leite materno fornece tudo de que ele precisa, trazendo grandes benefícios para ambos, mãe e filho. As células ativas que compõem o leite acabam ajudando no combate de infecções e fortalecem também o sistema imunológico do recém-nascido.

Há mulheres que, por motivos físicos ou até mesmo emocionais, não conseguem amamentar. Isto não significa que a mãe ame menos seu filho ou que a relação será diferente, pois, ao oferecer a mamadeira ao bebê, ela também poderá estabelecer, por meio do olhar, do toque dos gestos, momentos de amor, carinho e de pura dedicação.

Por volta dos 6 meses, o pediatra indicará a inserção de outros alimentos para o bebê. Além do leite poderão ser acrescentados, água, papinhas, sopas, sucos, chás, frutas.

Nos primeiros dias o bebê deverá “estranhar” ao ingerir novos alimentos, por isso muita paciência. Para que o hábito de uma boa alimentação se estabeleça, lembre-se de que os adultos da casa se tronarão referência neste momento, então tudo tem que estar de acordo, sem cansaço, sem nervosismo o ambiente precisa estar tranquilo. Segue algumas dicas interessantes que vão ajudar:

  • Oferecer, além de papinhas salgadas, as doces;
  • Devemos oferecer em média, duas papinhas para quatro mamadas ao dia;
  • Lembre-se que as papinhas não devem ser trituradas no liquidificador, prefira amassá-las com garfo. Pergunte ao pediatra qual a melhor maneira de oferecer os alimentos em cada faixa etária;
  • Não desista nas primeiras tentativas, é normal o bebê rejeitar no inicio, mais depois vai se acostumando com os novos sabores. É importante entrar na rotina, horários fixos para alimentar o bebê facilita este processo.

Fonte: Mamãe e bebê

Adaptado por Profª Ana Paula C. Petroski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *