O sono do bebê

O recém-nascido dorme quantas horas por dia?
Por ainda ter alguns sistemas imaturos, ele dorme de 16 a 18 horas por dia. Porém, não é esperado que o sono se prolongue por mais de três horas seguidas, já que a criança precisa despertar para mamar.

É normal a respiração do bebê oscilar durante o sono?

O ritmo respiratório do recém-nascido é irregular, mesmo quando ele está acordado. A pediatra Márcia Sanae Kodaira, do Hospital Santa Catarina (SP), explica que, quanto mais novo ele for, mais essa característica ficará evidente. “Isso acontece porque o sistema respiratório ainda não está completamente maduro, o que leva à oscilação”, esclarece. “Quando o bebê completa 1 ano, a tendência é a respiração se estabilizar”, completa.

Há algo errado quando o bebê dorme de olhos abertos?

O sono do bebê apresenta várias fases, assim como o dos adultos. A primeira é a que caracteriza a sonolência, quando a melatonina, uma substância que induz o relaxamento, é liberada no organismo, segundo explica Márcia. Nesse estágio, você percebe que o bebê fica com o olhar fixo e a pálpebra caída, mas não, necessariamente, fechada. É nesse momento que, em geral, os pais costumam ver o filho dormindo de olho aberto, o que é normal e indica que ainda não está em um sono pesado.

Por que alguns bebês sorriem enquanto dormem?

Depois da fase da sonolência, o bebê vai para um sono leve, em que normalmente se mexe muito e pode emitir algum som. Após esse período, chega a fase de sono profundo, em que a criança permanece parada. Depois, há uma fase mais profunda ainda, em que você pode até mexer no bebê sem que ele acorde. Ao final de todos essas estágios, há o REM (Rapid Eye Movement ou movimento rápido dos olhos) em que o bebê pode, sim, sorrir, chorar, ou fazer movimentos de sucção .

O REM é um período de atividade cerebral muito intensa, em que costumam ocorrer os sonhos. Ele é fundamental para o desenvolvimento neurológico. “Quando veem o filho sorrir durante o sono, muitos pais acreditam que esteja tendo um sonho bom”, conta a pediatra. “Mas isso só pode ocorrer após os 3 meses de vida, quando os bebês se tornam capazes de dar os sorrisos sociais, em sinal de satisfação. Até lá, os sorrisos são meros reflexos musculares”.

Por que, às vezes, o bebê acorda chorando e assustado?

Muitas vezes, a criança desperta durante a noite, abre o olho e fica quietinha. “Ela só começa a chorar quando está com fome e quer atenção dos pais. Mas, como os adultos só notam quando o bebê chora, pode parecer que ele acorda sempre dessa maneira”.

A pediatra relata também que, depois de um dia agitado, os bebês podem chorar mais vezes e mais intensamente durante a noite. “Todas as memórias acumuladas durante o dia vão repercutir à noite”, justifica a pediatra. Isso exige uma atividade cerebral intensa, podendo provocar choro e irritação.

 Fonte: http://migre.me/rFU5I

 Adaptado pela Profª Heloisa Bittencourt Eger

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *